Libba Bray – Belezas Perigosas

Muito bom! O livro conta a história de Gemma Doyle, uma garota que vai para um colégia interno aprender a ser uma dama depois da morte da mãe. Achei a história fascinante, embora um pouco clichê em alguns aspectos, como as meninas populares e malvadas da escola. Porém tenho algumas críticas ao livro. Achei que o romance poderia ser mais abordado e em algumas partes a narrativa se torna confusa ou muito repetitiva. Mas principalmente, meu maior desagrado foi com a personagem principal: para mim heroínas com poderes sobrenaturais devem ser, no mínimo, inteligentes! A menina é muito ingênua, bobinha mesmo, e me irritou em diversos momentos. As garotas que ela chama de ‘melhores amigas’ só aprontam com ela e no final ainda fazem bem pior e ela não faz nada. Aceita numa boa como se nada tivesse acontecido. E ainda tem paragrafos onde o pensamento dela se volta para coisas como ciúmes da amiga conversando com outra e banalidades quando o mundo a volta dela esta com sérios problemas. Talvez a autora quisesse retratar a ingenuidade das mulheres daquela época, mas pra mim ficou meio forçado. Ela conta seus segredos mais íntimos e perigosos para pessoas em que está na cara que não da pra confiar!!!
Mas o livro tem muitos pontos positivos a serem exaltados: Gemma não é como a maioria das personagens principais de 17 anos, que não expressam claramente desejos sexuais, ela fantasia muito com o indiano de quem gosta, mas não vai a luta para conseguí-lo também. Os costumes e direitos e deveres das mulheres são muito bem retratados, assim como a vida das meninas em colégios internos. Outro fator que merece aplausos é o uso de uma personagem com epilepsia, achei bem legal pois é pouco visto nos livros de ficção, principalmente históricos. Enfim vale a pena ler o livro com certeza e ele teria tudo para ser ótimo se não fossem esses defeitinhos que eu não gostei na protagonista, portanto 4 estrelinhas!!!

Avaliação (de 1 a 5):

Anúncios

2 comentários (+add yours?)

  1. Célio
    Ago 31, 2011 @ 14:03:06

    Eu li e adorei esse livro, boa a sua crítica mas ressalto o ponto em que você falou do fato de enquanto o mundo está um caos ela se volta para pensamentos banais como ciúmes, achei esse um ponto importante no livro,pois humaniza e trás para a realidade a história, o papel da mulher no século XIX era secundário, elas eram sonhadoras e ingenuas de fato, como é retratado no livro, até em dias atuais é comum adolescentes terem problemas, mas voltarem suas atenções para ago mais banal como uma roupa para ir a tal festa.

    Responder

    • Mundo da Leitura
      Ago 31, 2011 @ 23:28:17

      Oi Célio!
      Você tem razão, dá pra perceber como a autora quis retratar a ingenuidade das mulheres do século passado. Faz um paradoxo interessante com as adolescentes atuais mesmo. Mas teve vezes em que foi impossível não me irritar com a crença dela nas “amigas”, hehehe!

      Beijos

      Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: