Rachel Hawkins – Hex Hall

Adorei! Hex Hall é mais um YA book sobrenatural que entrou para minha galeria de favoritos! A escrita de Rachel Hawkins é realmente muito boa e ela abordou o tema de bruxas, fadas, metamorfos e demônios em um contexto muito original. Hex Hall é um reformatório para seres sobrenaturais que aprontaram demais durante a adolescência ameaçando o segredo da existência deles perante a humanidade.

Sophie é uma bruxa que foi criada por sua mãe humana que se separou de seu pai bruxo antes de ela nascer. Ela nunca viu o pai, mas sabe que ele trabalha para o Conselho (tipo um governo do mundo dos sobrenaturais) e quando ela faz um feitiço do amor para ajudar uma conhecida e ele se torna desastroso, recebe um e-mail do Conselho dizendo que será mandada para a Hex Hall.

Sophie nunca havia entrado em contato com outras bruxas ou mesmo com fadas, metamorfose e vampiros. A vida dela no reformatório não é fácil, ela é tipo um Harry Potter no primeiro ano em Hogwarts, não sabe nada sobre o mundo bruxo. Ela é colega de quarto de uma vampira, a única do lugar, e que todos desconfiam que é responsável pela morte de uma aluna de Hex Hall. Isso não a torna muito popular porque Sophie não acredita nisso e se torna amiga da vamp.

Como não podia deixar de ser há um garoto estilo bad boy (adorei!) na vida de Sophie, que ela já conhece logo no primeiro dia. Archer é um personagem maravilhoso que me cativou rapidinho. Entretanto como nem tudo são flores ele tem namorada, que é a maior inimiga de Sophie na escola (clichê, eu sei, mas nem por isso menos interessante)! Claro que não vou contar como isso se desenrola mas posso adiantar que a trama é incrível, me prendeu totalmente e me lembrou um pouco o estilo da diva Meg Cabot!

Sophie é uma personagem muito marcante por suas tiradas sarcásticas e seus pensamentos que me fizeram rir muuuitas vezes!

“Ser uma bruxa definitivamente não era tão legal quanto eu imaginava. Primeiro porque eu não voava em uma vassoura. (Perguntei à mamãe sobre isso quando meus poderes começaram a aparecer, e ela disse que não. Tive que continuar a me locomover de ônibus como todo mundo.) Não tenho um livro de magia , nem um gato que fala (sou alérgica), e nunca saberia onde encontrar ingredientes como, por exemplo, olhos de lagartixa.”

Como todos os livros do estilo na atual época, este é o primeiro de uma série (só de pensar nessa palavra já imagino faturas de cartão com valores exorbitantes na minha frente)!!! Posso adiantar que o livro tem um final, mas que deixa vários ganchos para o próximo volume e a última frase me deixou morta de curiosidade e ansiedade pelo lançamento do livro seguinte. Enfim, se você assim como eu não está cansado do gênero sobrenatural mas deseja um livro que se destaque dos demais, corra para livraria e pegue o seu exemplar de mais um sucesso que a Galera Record trouxe pra gente!

Avaliação (de 1 a 5):

Advertisements

2 comentários (+add yours?)

  1. gabi
    Abr 10, 2011 @ 16:29:22

    Oi

    Amei a resenha e fiquei com muita vontade de ler esse livro! Adoro livros desse tipo!

    Responder

  2. Mundo da Leitura
    Abr 10, 2011 @ 21:31:57

    Obrigado Gabi!! Esse livro é tudo de bom mesmo, você tem que ler 😀

    beijos

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: