Lili St. Crow – Traições

Traições, de Lili St. Crow é o segundo volume da série Strange Angels. Se você ainda não leu a resenha do primeiro livro que eu escrevi aqui no blog, não perca tempo!

No volume anterior conhecemos Dru Anderson, uma garota durona que passa por poucas e boas vivendo no Mundo Real, onde os monstros de nossos piores pesadelos são reais. Ela já perdeu a mãe, a avó e o pai. Mas depois de enfrentar diversos perigos ela encontra em Graves e Christophe a ajuda de que precisa.

O livro começa exatamente onde parou o primeiro. Dru chega à Schola onde Christophe a levou para ficar sã e salva. (Super idêntico ao livro Tormenta, se me permitem dizer)… Ali ela vai conhecer outros djamphir e garotos lobisomens.

Dru acaba de descobrir que é uma svetocha, meio-vampira, e que seu sangue é muito perigoso, principalmente agora que ela está prestes a desabrochar. Por isso os chupa-sangues (como a autora chama os vampiros) estão atrás dela o tempo todo. A garota ainda tem de lidar com o medo de um novo encontro com Serjeg, o chupa-sangue que matou sua mãe e transformou seu pai em zumbi.

Bem, o que posso dizer sobre o livro?! No meu ver, 300 páginas se passaram e nada demais aconteceu. A tão falada traição que dá nome ao livro ainda não está bem declarada para mim e a tradução continua deixando a desejar. Se você já leu a resenha do primeiro livro sabe o quanto eu fiquei chateada com a quantidade de expressões esdrúxulas e uso do “cê” como pronome. Felizmente eles aboliram o “cê” deste livro, porém expressões como pelamordedeus e meudeusdocéu escritas exatamente desta forma e repetidas vezes (quando digo repetidas quero dizer repetidas meeeeeeesmo) quase me levaram à loucura.

O uso da narração em primeira pessoa continua atrapalhando muito o desenvolvimento da leitura porque, convenhamos, a cada fala de um personagem temos de ler três parágrafos de pensamentos de Dru antes de saber a resposta para o diálogo. E depois de certo tempo os pensamentos da garota ficam chatos! Além do uso constante de palavrões por todo mundo, isso me deixou mega irritada. Não estou acostumada com este tipo de literatura tão pesada. Faz parecer que todos os adolescentes do mundo tem a boca suja e não conseguem dizer uma frase sem a palavra porra.

O que continua salvando Lili St. Crowd é a qualidade de sua trama. O enredo e a estória em si são muito bons. A série tem tudo para dar certo. Com um pouco mais de esforço da editora na tradução e se a autora passasse a nos apresentar a visão de outros personagens o livro seria perfeito.

Eu recomendo esta série por ser tão diferente de tudo que já lemos, tem muito potencial. A editora poderia ter mantido o título original, como fez no primeiro volume. Assim como na série Fallen, de Lauren Kate, ficou muito esquisito o primeiro volume em inglês e o segundo traduzido. Mas enfim, eu até daria 4 estrelas, mas o final não me animou tanto. Eu espero que o próximo volume seja melhor desenvolvido pela autora e estou ansiosa por Jealousy e Defiance.

Avaliação (de 1 a 5):

Anúncios

5 comentários (+add yours?)

  1. Camila
    Maio 09, 2011 @ 10:44:18

    Ai menina,
    Nem consegui ler o primeiro livro ainda!!
    E pior é que tenho dois exemplares!! rs… O primeiro eu comprei quando lançou e o segundo ganhei numa promoção da rádio 89 fm!! Pelo menos o segundo é autografado!! Quando eu conseguir ler o livro, acho que vou fazer um sorteio dele!! rs…
    Beijos
    Camila – Leitora Compulsiva

    Responder

    • Mundo da Leitura
      Maio 09, 2011 @ 12:45:07

      Hehehe, que sorte hein! Dá pra fazer um sorteio bem legal (só não vou participar pq já tenho) 😛
      Eu gostei, mas tem estes defeitinhos que ainda estão prejudicando a narrativa!

      beijoos

      Responder

      • Camila
        Maio 09, 2011 @ 13:30:03

        Que chato isso!! Não gosto quando tem muitos palavrões e coisas desse tipo nos livros!! Ainda que todo mundo fale palavrão na vida real, acho que nos livros não devia ter não!! rs…
        Beijos
        Camila – Leitora Compulsiva

      • Mundo da Leitura
        Maio 09, 2011 @ 14:36:07

        Isso acaba com o prazer da minha leitura! A história tem tudo para dar certo, mas com esse tipo de linguagem não dá!!! Eu já nem peguei Os diários de Nick Twisp pra ler depois que vi sua resenha sobre ele. Mas como eu já me envolvi com a personagem principal agora vou continuar a ler esta série, na esperança de que melhore!

  2. CINTIA
    Nov 14, 2013 @ 10:24:51

    LI O PRIMEIRO E ESTOU LENDO O SEGUNDO,É UMA LEITURA INTERESSANTE.INDEPENDENTE DE “FALAR PALAVRÃO”,ISSO NÃO DESVALORIZA O LIVRO,MESMO PORQUE A NOSSA REALIDADE É MUITO PIOR DO QUE A FICÇÃO;É HIPOCRISIA AVALIAR O LIVRO DESTA FORMA,VIVENDO NO BRASIL ONDE AS PESSOAS DANÇAM E CANTAM MUSICAS COMO O “FUNK” SEM A MENOR TIMIDEZ;É FALSO MORALISMO!!!

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: