Diana Gabaldon – A Viajante do Tempo

Começo esta resenha suspirando e com um sorriso nos lábios. É este o efeito que o livro possui, só de lembrar dos cenários escoceses e dos personagens marcantes já me emociono. A viajante do tempo, de Diana Gabaldon tem uma proposta maravilhosa. A história tem força e ganha vida sem precisarmos nos preocupar em imaginar o contexto.

Claire e Frank são casados e, depois ficarem afastados por anos em função da segunda guerra mundial, resolvem passar férias na Escócia a fim de se reaproximarem. O início da trama é vagaroso, mas muito interessante. Vamos conhecendo aos poucos a história de Claire e Frank, seus hábitos e desejos. Os dois inegavelmente se amam, apesar de terem convivido durante pouco tempo como marido e mulher antes da guerra começar. Agora eles aproveitam o tempo juntos para se unirem novamente. Frank é um historiador e seu fascínio pelo antigo é enorme. Já Claire adora as plantas e seus poderes curativos. Assim ambos se distraem pelas bucólicas paisagens das Highlands.

Porém tudo muda quando, certo dia, eles presenciam um ritual em um círculo de rochas considerado sagrado chamado Craigh Na Dun. Claire fica curiosa com um detalhe do ritual e se aproxima de uma pedra. Ao fazer isso é transportada para o meio de uma batalha entre escoceses e ingleses que aconteceu no século XVIII. Com suas roupas modernas, é confundida com uma prostituta e quase é violentada. Mas um grupo de homens a resgata e a leva consigo. Neste grupo encontra-se Jamie Fraser, um jovem rapaz ruivo que tem uma grande tendência a se ferir, por diversos motivos. E a protagonista, com seus conhecimentos em enfermagem e plantas medicinais, é quem mais socorre este belo rapaz.

Assim ela segue com eles e, aos poucos, conhece mais sobre os costumes daquele época, faz amizades e até arruma um emprego como curandeira do povoado. Entretanto a saudade de Frank e o desejo de voltar são muito fortes e por um tempo ela só planeja fugir. Ela também tem de lidar com o choque de saber que o homem que a atacou em sua chegada é o Capitão Randall, tataravô de seu marido. Nos livros ele é descrito como herói, mas ela descobre a duras penas o quão tirano é o parente de Frank.

Além disso, ele tem sede de vingança, pois desejava algo que Claire não lhe deu e desconfia que ela seja uma espiã. Acuada, a única maneira de fugir dele é casar-se para se tornar, por lei, escocesa. E quem se oferece de bom grado para o posto de marido é ninguém menos que Jamie, o lindo escocês de quem, querendo ou não, Claire gosta muito. Eles aprendem a amar e cuidar um do outro. São personagens ricos, muitíssimo bem construídos, cheios de desejos, sonhos, medos e esperanças, todos muito bem trabalhados.

Diana Gabaldon conseguiu imprimir veracidade, carisma e emoção em sua história, de tal forma que se tornou um épico, uma referência para outros livros. Tem tudo que eu gosto: história, romance, ação e comédia (muitos momentos do livro são deveras engraçados). A trama se modifica e evolui a cada momento, trazendo uma nova perspectiva para o leitor. Pelo tamanho do livro já da para imaginar que o enredo é bastante complexo e que várias aventuras se desenrolam com o virar das páginas. Mas 730 páginas voam quando você está lendo algo tão bom e tão rico como esta obra.

Com certeza estou mais que ansiosa pelo próximo volume “A libélula no âmbar”. O único porém destes livros é o fato de estarem sempre esgotados nas livrarias e, quando estão disponíveis temos de pagar caro (beeem caro) por eles. O primeiro volume custa em torno de R$ 80,00 e alguns outros da série chagam a custar R$ 90,00. Eu, particularmente, considero que vale a pena pagar este valor, porque cada livro vale muito mais do que 3 livros de R$30,00. Até agora não ouvi nem li uma crítica negativa à esta série e todos são unânimes em dizer que não emprestam, trocam, vendem ou alugam os seus volumes para ninguém.

Portanto, se está procurando uma leitura realmente diferenciada, com ótimos personagens, enredo e cenário, A viajante do tempo é a obra certa para você. Além de ser muitíssimo culta, a trama fala sobre muitos temas complexos. O amor de Claire pelo marido Frank ainda é sentido mesmo tão distante dele e se abrir para outra pessoa é difícil. Já Jamie é um menino ingênuo, mas tão cavalheiro e romântico que me parece impossível não suspirar de amores por ele.

Recomendo e assino em baixo!!!

Avaliação (de1 a5):

Anúncios

8 comentários (+add yours?)

  1. Camila
    Jun 02, 2011 @ 17:18:49

    Eu confesso: estou com inveja! hahahaha
    Eu morro de vontade de ler esse livro, mas não encontro um exemplar que custe menos que um rim e um pulmão!! hahaha
    Fiquei com mais vontade agora que vi que você suspirou!!
    Beijos
    Camila – Leitora Compulsiva

    Responder

  2. Yasmin Kuhnert
    Set 29, 2011 @ 16:15:28

    Onde você comprou o seu? Estou disposta a pagar caro, pois já vi o preço do segundo volume da série, mas não encontro em lugar nenhum para vender! Juntar livro enorme com Rocco é sacanagem. Sempre cobram uma fortuna e aposto que a letra nem deve ser tão grande. Anyaway, se puder me contar onde encontrou o seu… Um livro desses eu preciso ter para ler, não tem graça ler como ebook… O charme de 700 e tantas páginas valem mais do que qualquer tostão no bolso. 🙂 Ah meu email, se puder responder, se responder aqui também nos comentários vou vir conferir. yasminckv@aol.de

    Responder

    • Mundo da Leitura
      Set 29, 2011 @ 16:55:24

      Oi Yasmin! Este livro vale cada centavo gasto nele, acredite!!! É muuuuito bom mesmo! Hahaha, também acho que combinara Rocco com um livro tão grande é uma desgraça para nós, pobres leitores!!! 😛
      Eu comprei meu exemplar pela internet, no site da Livraria Saraiva, mas eles não tem disponíveis no momento. O único site que eu sei que tem a disposição este livro é o da Livraria Cultura. É mais caro e eles cobram frete, mas é super seguro e tem o melhor serviço de entrega que eu já vi 😀 Este eu recomendo total!!!
      Espero que você consiga ler em breve e depois me conte o que acho 😉

      Beijos

      Responder

  3. Angela Cristina Tomazetti
    Nov 25, 2011 @ 21:01:30

    Gosto muito de ler e fiquei muito curioso quanto a este livro vou procurar encontra em alguma biblioteca em minha cidade os dois livros diga de passagem não importa quantas paginas tem por um boa leitura,pois quando eu leioviajo com os personagem

    Responder

    • Mundo da Leitura
      Nov 26, 2011 @ 19:06:51

      Oi Angela!
      Este foi um dos melhores livros que li este ano!
      Acho que o número de páginas só é realmente percebido quando a leitura está arrastada!
      Viajar no mundinho dos personagens é tuuudo de bom!!!

      Beijos

      Responder

  4. Ana Marya
    Dez 30, 2011 @ 12:58:52

    Eu já queria muito ler este livro…agora depois dessa resenha então nem se fale!!!! bjs

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: