Jenna Black – Glimmerglass

Mais um romance sobrenatural lindo que entra para minha listinha de favoritos! Glimmerglass, da autora Jenna Black (esse nome Jenna sempre me lembra do filme De repente 30), foi publicado recentemente aqui no Brasil pela Editora Universo dos Livros. Falando bem a verdade, eu comprei este livro pela capa. Assim que eu a vi, soube que teria que ter este livro, a história em si até ficou em segundo plano. Eu comecei a ler resenhas muito boas sobre ele e então não tive dúvidas, comprei o livrinho! Ele chegou aqui em casa tão lindo e perfeitinho que quase o beijei de tão feliz que estava!!! Deixem-me falar, a capa é linda meeesmo, tem uns brilhos que parecem pequenos strass pontuando toda a imagem, que também é perfeita.

Mas falando sobre a história em si, o livro é sobre Dana, uma adolescente de 16 anos que morou durante toda sua vida com a mãe alcoólatra e não aguenta mais ser o “adulto responsável” da casa. Sua mãe a faz passar por várias situações constrangedoras, além de nunca ficar sóbria o suficiente para dar atenção a filha.

Por isso, Dana resolve fugir de casa para tentar encontrar seu pai, do qual a mãe vive falando, mas que ela nunca conheceu.

O pai de Dana é um feérico, um ser originário das fadas, e vive em Avalon, uma espécie de país emancipado dentro da Inglaterra. Ele tem um alto posto dentro da hierarquia feérica, o que ainda vai trazer muitos problemas para sua filha. Mas eu estou me adiantando. Primeiro, deixem-me explicar que, no livro, humanos e feéricos convivem mutuamente, mas somente em Avalon, porque a cidade é o portal para Faerie, o mundo mágico. Somente lá a magia e a tecnologia convivem e os seres místicos podem, sob algumas condições, atravessar as fronteiras. Resolvi dar essa explicação um tanto confusa porque senti falta disso no início da obra, fiquei meio perdida com tanta informação!

A trama começa quando Dana foge para Avalon, mas logo em sua chegada descobre que a vida com sua mãe poderia ser considerada um paraíso comparada a que a aguardava naquela cidade. Seu pai está preso, sua tia, chefe da guarda, a mantém prisioneira e ela não consegue entender porque tanta gente está atrás dela. Ela acaba sendo “sequestrada” ou “resgatada” (dependendo do ponto de vista) por dois jovens feéricos, Ethan e Kimber. Os dois são irmãos e a levam para seu apartamento. Junto com eles Dana vai aprendendo mais sobre aquele lugar e descobrindo que ela pode ser muito mais do que imagina.

O ritmo que a autora imprimiu a história poderia ter sido melhor trabalhado, entretanto, acima de tudo isso fica a qualidade da história. Eu gostei muito de ler Glimmerglass, um young adult sobrenatural muito bom. É um livro que eu recomendo para os amantes do gênero, pois talvez quem já está cansado deste estilo se frustre com a trama.

Avaliação (de 1 a 5):

8 comentários (+add yours?)

  1. Gabi
    Ago 19, 2011 @ 14:21:00

    Eu quero comprar mais pela capa… acho tão linda. Mas fadas sempre foi algo me me interessou, então eu estou animada pela história também.

    Quando eu vejo Jenna eu me lembro de Pretty Little Liars🙂

    Gabi

    Responder

    • Mundo da Leitura
      Ago 19, 2011 @ 15:17:51

      Hehehe, ta que nem eu Gabi, comprando livros pela capa. Mas também né, quem nào vai querer uma beleza dessas na sua estante?!
      A história não tem muito a ver com fadas no sentido usual da palavra, mas é um sobrenatural cheio de várias criaturas diferentes!
      Realmente Jenna também remete “a coisa com Jenna”, hehehe!!!

      Beijos

      Responder

  2. Luciana Mara (@LucianaMara)
    Ago 19, 2011 @ 22:40:11

    Ei Adriana!
    Este mês sem compras tem que passar logo, pq: eu quero!!!
    Mais do que pela história, fui seduzida pela capa, que concordando com vc é muito linda.
    Como sou amante do gênero, já para lista de futuras leituras ^^
    Bjins

    Responder

    • Mundo da Leitura
      Ago 20, 2011 @ 11:40:50

      Oi Lu!!! Hehehe, duvido que vc não tenha feito nenhuma comprinha!!! O que vai ser do “Perdoa-me pai, eu comprei”??? Ashuahsaushuash!
      A capa é o grande atrativo deste livro, mas a história também é MUITO boa🙂

      Beijos

      Responder

  3. Lucas Martins
    Ago 20, 2011 @ 20:55:55

    De repente 30. Direto quando falam em Jenna, também me veem a cabeça. (Adoro esse filme e já vi as 732408932738 vezes que passou na Globo). Bom, muitooooo boa a resenha. Sabe, que eu estou doidooooo para ler este livro. Todo mundo tem falado tão bem. É bem diferente. Adorei! Espero comprar e ler em breve.😀
    Bj, Adriana.

    Responder

    • Mundo da Leitura
      Ago 20, 2011 @ 22:30:14

      Ashuahsuahsuahsu! Sim, Jenna é um nome que sempre me remete a isso, eu AMO esse filme demais, também olhei as 732408932738 vezes que passou na Globo, hehehe😛
      Sim, esse livro é uma obra muito boa mesmo, super bem feito pela editora e com um tema diferente!🙂

      Beijos

      Responder

  4. Ph
    Ago 27, 2011 @ 18:03:28

    Vcs tão meio velhinhos hein??

    De repente 30? ptz

    como a menina disse, me lembra Pretty Little Liars

    Responder

    • Mundo da Leitura
      Ago 27, 2011 @ 22:31:17

      UAHSUAHSUAHSU! Nossa, me senti super velha agora :O
      É que Pretty Little Liars não foi tão marcante para mim porque nunca vi a série e só li o primeiro livro há pouco tempo, enquanto o filme já vi mais de 10 vezes…

      Beijos

      Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: