Jodi Picoult – A Guardiã da Minha Irmã

Caramba! Caramba! Esse é o tipo de livro que faz você terminar chorando rios, de queixo caído e ficar pensando na história durante dias e dias. Uma obra para tocar no fundo do coração e da alma, para levantar diversos questionamentos em nossa mente e nos fazer refletir profundamente sobre o certo e o errado, sobre vida e morte.

Conheçam e se apaixonem pela trama de uma menina, uma garota de 13 anos, que nasceu e vive toda vida para salvar a irmã. Anna é uma menina saudável, mas que passou grande parte dos seus dias no hospital, já enfrentou diversas cirurgias e procedimentos e tem várias restrições por esses motivos. Tudo isso porque sua irmã Kate possui um tipo raro de leucemia e necessita de diversas doações para continuar vivendo. Anna foi concebida por inseminação, de forma a ser a doadora perfeita, totalmente compatível com a irmã, para doar o cordão umbilical. Mas as células-tronco não foram suficientes para curar Kate, e durante vários anos, outros procedimentos e cirurgias tiveram que ser feitos.

Agora, com 13 anos, Anna decidiu que não quer mais ser espetada, viver em hospitais e ser forçada a fazer coisas que certamente prejudicam sua saúde física e mental. Para isso, ela procura um advogado e entra com uma petição de emancipação médica, que lhe daria o direito de decidir sobre o que é feito com o próprio corpo.

Não julgue precipitadamente. Esqueça qualquer pré-conceito que você tenha sobre doação. Apenas pare e pense em uma criança que viveu sua vida inteira a sombra da irmã, sendo definida por ela e sem ser vista por seus pais. Uma criança cujos desejos, medos, esperanças estão relegados a segundo plano, nunca importam, porque ela tem uma irmã com leucemia. Pensem em uma família totalmente desestruturada, que há 16 anos luta contra a tristeza e contra o mal, um mal que se abateu de tal forma sobre eles que contaminou todos os integrantes.

A grande questão neste livro é: até que ponto você vai para salvar uma vida? É justo tentar de todas as formas, mesmo quando isso passa por cima do direito básico de um ser humano? A Guardiã da Minha Irmã não é uma leitura bonita, é um relato triste mas extremamente comovente da vida real, de uma situação que poderia acontecer com qualquer um! Vamos alternando a narrativa entre os vários protagonistas, conhecendo seus pontos de vista e suas histórias, intercalando a trama central.

Uma obra fantástica e surpreendente, com uma edição super bem revisada e de escrita impecável. Quero ler todos os livros da autora urgente!!! Mais do que recomendada, minha única ressalva é com relação à capa, da qual eu não gostei, mas que retrata bem o enredo.Cada página tinha um quote divino, uma lição de vida, mas como não poderia escrever o livro todo, selecionei três para colocar aqui.

“– Não vou mudar de ideia – garanto, rolando a latinha entre uma palma e outra – Acho que só estou dizendo que, mesmo se a gente ganhar, a gente perde.” Pg. 312

“(…) é um salto enorme da ameba para o macaco e daí para um ser humano pensante. O mais incrível de tudo isso é que, não importa em que você acredita, deu bastante trabalho ir de um ponto em que não havia nada até um ponto em que todos os neurônios certos se acendem para que a gente possa tomar decisões. E o mais incrível ainda é que, embora isso já seja natural, nós ainda consigamos errar tanto” Pg. 260

“Não é justo, mas Kate sabe disso. Não é preciso uma vida longa para saber que raramente conseguimos aquilo que merecemos.” Pg. 339

 Avaliação (de 1 a 5):

Advertisements

6 comentários (+add yours?)

  1. Camila
    Ago 31, 2011 @ 16:47:02

    Ai Adri…
    Quando esse livro foi lançado a editora até chegou a me oferecer, mas não tive coragem de ler!! Eu sou muito chorona e imaginei que ia me acabar lendo esse livro! Estou numa fase mais de humor!! rs…
    Mas imagino que o livro deva ser lindo!!
    Beijos
    Camila – Leitora Compulsiva

    Responder

    • Mundo da Leitura
      Ago 31, 2011 @ 23:30:09

      Oi Camila! Ahhh, mas é uma obra imperdível, apesar de que você irá gastar com umas quantas caixas de lenços, auhsuahsuahsu!
      Eu também sou chorona e li no final de semana, na casa do meu namorado, ele ficou preocupado até, com todas as minhas lágrimas 😛
      O livro é MUITO LINDO, super bem embasado e escrito, a autora tem muito talento, quero ler tudo dela *-*

      Beijos

      Responder

  2. Gabi
    Ago 31, 2011 @ 16:54:35

    Sabe que eu pouco gosto de livros assim né? haha, adoro livros de chorar rios!!! Quero, quero quero ler!!

    Gabi

    Responder

  3. Lucas Martins
    Set 01, 2011 @ 19:05:24

    Concordo com tudo! O livro é perfeito e com certeza um dos favoritos do ano. Jodi Picoult é genial!
    A resenha foi super bem escrita e é bem isso que passa durante a leitura. Ficou muito bom! E lembrei das quotes, rsrsrs.
    Bjão!

    Responder

  4. Mundo da Leitura
    Set 02, 2011 @ 12:53:15

    Lucas!!! Caramba, o livro é MUITO BOM MESMO! A autora entro pra galeria das favoritas, escreve muito bem 🙂

    Beijos

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: