Kami Garcia e Margaret Stohl – Dezessete Luas

Olá pessoal! Hoje venho falar do segundo volume da série Beatiful Creatures, publicada aqui no Brasil pela querida editora Galera Record. Essa é mais uma série YA book, de temática sobrenatural envolvente e criativa. Por algum motivo, que eu não faço ideia de qual seja, não resenhei o primeiro livro, chamado Dezesseis Luas, aqui no blog. Portanto, antes de falar de Dezessete Luas, alguns comentários necessários sobre o primeiro título da série (podem ficar tranquilos que não pretendo dar spoiler de nenhum dos dois livros):

Dezesseis Luas é narrado por Ethan Carter Wate, que conta sua história na pequena cidade de Gatlin. Lá ele conhece Lena, uma garota muito diferente das demais e que logo atrai sua atenção.  Porém, tudo que ele não esperava ao se aproximar dela era descobrir um novo mundo, cheio de magia, ação e muitos perigos. O livro é bem extenso e conta com uma temática interessante. Apesar disso, não consegui amar a obra, que levou 4 estrelas na minha avaliação.

Partindo para Dezessete Luas, o livro continua sendo narrado pelo personagem masculino, fato que é muito bem vindo em meio a um mar de publicações onde a protagonista e narradora é uma garota (no pior dos casos, uma garota sonsa)! Nesta sequência, que se inicia exatamente onde o outro livro parou, vemos o quanto os acontecimentos do desfecho de Dezesseis Luas afetaram Lena. Para tentar ajudá-la, Ethan vai atrás de mais informações sobre o mundo da menina. Assim ele acaba descobrindo que tem muito mais a ver com este mundo do que imaginava e que pode fazer toda a diferença no futuro de sua amada.

As autoras inseriram novos personagens carismáticos e detalharam muito bem as mudanças de Lena nesta nova fase de sua vida. Gostei muito do modo com Ethan não se deixava abater pelas dificuldades e estava sempre batalhando por Lena, mesmo quando ela, claramente, não desejava isso.

A parte sobrenatural da história ganha ainda mais força nesta sequência, onde descobrimos mais sobre os poderes, a magia e todo o universo fantástico criado na série. Kami Garcia e Margaret Stohl não poupam na criação de uma mitologia totalmente nova.

Na verdade, esse é o ponto que não me agrada na história. Assim como na série Os Instrumentos mortais de Cassandra Clare, em Beatiful Creatures eu ainda vejo embromação e informação demais. Os dois livros são extensos para pouco desenvolvimento da trama. É aquela caso clássico de falar, falar e não dizer nada.

O livro tem tudo para cativar, é bem escrito, tem uma boa história e bons personagens, mas minha opinião pessoal continua sendo de que falta relevância na maioria do que é descrito pelas autoras.

Não se enganem, eu gostei muito do livro e ele continua levando 4 estrelas, assim como o antecessor. Espero, sinceramente, que essa série tenho o mesmo desfecho da de Cassandra Clare, onde o terceiro livro me surpreendeu e me fez amar o conjunto da obra!

Se você procura algo diferente em meio ao mar de publicações do gênero, recomendo totalmente Beautiful Creatures. As edições são belíssimas (capas divas, embora tenha faltado o efeito brilhante na de Dezessete Luas) e a história tem tudo para conquistar.

Avaliação (de 1 a 5):

Anúncios

6 comentários (+add yours?)

  1. Luciana Mara
    Jan 12, 2012 @ 08:06:34

    Ei Adriana!

    Finalmente alguém que concorda comigo.
    Eu não desgostei da série, mas não a amei também.

    Senti esta mesma enrolação que você sentiu, principalmente se tratando de um livro tão grosso.
    Vou ler Dezessete Luas, para não preciso dele para ontem.

    Bjins

    Responder

    • Mundo da Leitura
      Jan 12, 2012 @ 18:56:33

      Oi Lu!
      Pois é, só vejo resenhas maravilhosas a respeito da série, até achava que era um problema só comigo, mas pelo visto não né 😉

      Acho muito enrolação o primeiro livro, e o segundo não ficou muito atrás não, apesar de eu gostar da história!

      Beijos

      Responder

  2. Gabi
    Jan 12, 2012 @ 11:39:00

    Teve uma época que eu estava toda animada para ler essa série, mas a animação foi caindo, caindo até que desapareceu. Adorei a resenha apesar disso 🙂

    Gabi

    Responder

    • Mundo da Leitura
      Jan 12, 2012 @ 19:05:43

      Oi Gabi!

      Se não tem taaanta vontade, não recomendo que compre agora, quem sabe em uma hora que você estiver sem nenhuma opção de leitura, ´o livro é muito bom, mas nãi é um must read, com certeza!!!

      Beijos

      Responder

  3. Claudia
    Jan 15, 2012 @ 19:43:53

    Oi Adri

    Essa série não me despertou a curiosidade, apesar de achar legal o lance de um narrador garoto, alias é como a da Cassandra Clare que ainda não me animei a continuar. Adorei a sua resenha situando os dois livros 🙂

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: