Passeio e XV Feira do Livro de Gramado

Depois de muito tempo sumida, eis que resolvo finalmente atualizar o blog!!! Desculpem a falta de posts, mas é que eu não li nada no fim de semana e mal tive tempo de entrar na internet. Isso porque meu namorado lindo e maravilhoso me presenteou com uma viagem para Gramado e eu estava curtindo a cidade durante todo o final de semana. Mas agora aqui estou para compartilhar a minha alegria. Isso porque quando chegamos a Gramado e fomos passear pela rua coberta, lá estava um cartaz da XV Feira do Livro de Gramado!!! Eu mal pude acreditar na minha sorte. E meu namorado, tadinho, não teve como me arrastar dali.

Por isso, além de um ótimo passeio, também aproveitei para adquirir dois dos livros da minha listinha de desejados. Comprei Insaciável e Pode beijar a noiva, ambos de Meg Cabot, porém o segundo sendo escrito por seu pseudônimo, Patricia Cabot. Só não comprei mais por falta de tempo ($$$) e porque senão seria estrangulada (amor, eu sei que você é compreensivo, mas também sei que detesta quando te troco por livros).

Fiz muito esforço para não ler nada enquanto estava no hotel e também não queria começar outra leitura enquanto não terminasse A libélula no âmbar, de Diana Gabaldon, que eu estava lendo antes e não levei junto. Em breve eu posto a resenha deste livro e prometo não me ausentar mais! Deixo o conselho para os gaúchos leitores, a Feira do Livro de Gramado vai até o dia 17, no próximo domingo, então quem quiser curtir este passeio, é uma ótima pedida!!!  E para quem não é daqui, também não deixem de visitar a cidade, que é linda! Deixo algumas fotos pra vocês verem.

Anúncios

Namore uma menina que lê

“Namore uma menina que lê. Namore uma menina que gasta seu dinheiro em livros em vez de gastar em roupas. Ela tem problemas com seu armário porque tem livros demais. Namore uma menina que tem uma lista de livros que ela quer ler, e que tem um cartão da livraria desde que tinha doze anos.

Encontre uma menina que lê, você saberá que é ela porque ela sempre terá um livro não lido na bolsa. Ela é aquela olhando apaixonadamente as prateleiras de uma livraria, é aquela que vibra silenciosamente quando acha o livro que ela quer. Você viu uma menina estranha cheirando os livros velhos em uma loja de usados? Aquela é a leitora. Elas nunca conseguem resistir a cheirar as páginas, especialmente quando são amarelas.

Ela é a menina lendo enquanto espera por seu café na cafeteria da esquina. Se você conseguir chegar mais perto, verá que seu café já está frio. Ela está perdida no mundo que o autor está descrevendo. Sente-se. Ela pode lhe dar uma olhada, mas a maioria das meninas que leem não gostam de ser interrompidas. Pergunte a ela se gosta do livro. Pergunte a ela se ela ama Alice ou deseja ser Alice. Compre outro café para ela.

É fácil namorar uma menina que lê. Dê a ela livros de aniversário, natal e datas especiais. Dê a ela de presente as palavras. Faça-a saber, que você entende que palavras são sinônimos de amor. Entenda que ela sabe a diferença entre livros e realidade, mas ela tentará fazer sua vida parecida com seu livro favorito. Nunca será sua culpa se ela fizer isso.

Falhe com ela. Porque uma menina que lê sabe que o fracasso sempre é seguido pelo clímax. Porque estas são as meninas que entendem que todas as coisas têm um final. Que você sempre pode escrever uma sequência. Que você pode começar de novo e de novo, e ainda assim, ser um herói. Que na vida, é preciso ter um vilão ou dois. Por que ficar com medo de tudo que você não é? Meninas que leem entendem que pessoas são como personagens, crescem. Menos na série Crepúsculo.

Se encontrar uma menina que lê, mantenha-a por perto. Quando achá-la às duas da manhã segurando um livro no colo e chorando, faça um copo de leite para ela. Você pode perdê-la por umas horas, mas ela sempre voltará para você. Ela falará como se os personagens do livro fossem reais porque, por um momento, eles são.

Namore uma menina que lê porque você merece. Você merece uma menina que possa te dar a mais colorida imaginação. Se você só pode lhe dar monotonia, e ficar com promessas pela metade, então é melhor você ficar sozinho. Se você quer muito mais que o mundo e os mundos, namore uma menina que lê. Ou melhor, ainda, namore uma menina que escreve.”

Achei este texto no blog Livros e Vagalumes, da Gabi, que é gaúcha como eu! Como o texto é uma tradução, eu editei algumas partes e tirei outras que ficaram meio incompreensíveis, mas a essência está aí. O autor é desconhecido, mas eu aplaudo a sua inciativa e criatividade!!! Gostaram??

Ler devia ser proibido

Olá pessoal!

Para começar bem o final de semana hoje trago um vídeo do blog Ler devia ser proibido que retrata muito bem os benefícios da leitura em nossa vida. Achei o vídeo através do blog Livros e Distrações e queria muito compartilhar com todos vocês, porque é de dar orgulho ter uma paixão tão boa quanto a literatura!

 

E aí, o que acharam?