Eventos #1: A Esperança, Ecos da Morte, Feira do Livro e Paula Pimenta

Adoro eventos literários e, ultimamente, tenho comparecido a todos os que posso aqui em Porto Alegre. Por este motivo, resolvi criar uma coluna onde possa compartilhar informações, fotos e detalhes sobre eles. Até porque o post de sábado, o Volta ao Mundo em Sete Dias, já estava ficando enooorme somente com minhas aquisições, leituras e divagações, hehehe!

E para começar, trago alguns dos últimos eventos que tivemos por aqui e que foram maravilhosos.

O evento de A Esperança, mediado pelo Bruno e a Carol do Vida de Leitor, com uma ajuda da Sheila nossa socialite dos blogueiros gaúchos, do Guardiã da Meia-Noite, foi super divertido. Haviam vários fãs, então pudemos discutir bastante sobre os livros, o que cada um achou do final, etc.

O quizz promovido pelos organizadores estava mega difícil denúncia, mas no nosso grupo tínhamos um expert na série, então conseguimos responder quase tudo corretamente. Mesmo assim, não fomos páreo para o pessoal do distrito13.com.br que ganhou os posters e brindes escassos que a Rocco mandou.

Nesse encontro tive a oportunidade de conhecer pessoalmente duas blogueiras que eu adoro e acompanho, a Gabi, do Livros e Vagalumes e a Pam do Garota It, que veio de Santa Catarina e prestigiou o evento. Além do pessoal que sempre comparece, a Cláudia do Livraria Outubro e o Lucas do Livros, Filmes e Conversa Fiada. No evento troquei com ele um livro meu pelo A Pirâmide Vermelha, que eu ainda não mostrei para vocês porque emprestei antes de ter tirado a foto e antes de ler, por sinal quando voltar eu mostro.

Outro evento muito bom que rolou por aqui foi o de Ecos da Morte. Este foi mediado pela Scheila eu disse que era nossa socialite, não disse?! e a Guta do Murphy’s Library. Apesar de ter sido realizado no Barra Shopping, que fica na contramão até para quem é de Porto Alegre que dirá para mim, o público foi muito bom e novamente pude contar com a companhia da Cláudia, do Lucas, da Gabi e da Sílvia (que apesar de não ser blogueira está sempre por lá conosco).

A apresentação do livro ficou bárbara, as meninas estão de parabéns mesmo. Se eu já não tivesse lido teria corrido para comprar com certeza.

Também nos dividimos e fizemos uma batalha de capas. Dessa vez nosso grupo foi o vencedor wins o/ e ganhamos bloquinho, botton e marcadores, além de nos divertirmos muito tentando adivinhar as capas.

Também fui à 57ª Feira do Livro de Porto Alegre, que termina dia 15/11. Eu, particularmente, não sou a maior fã deste evento porque não acho que faça jus à importância dos livros na sociedade. Falando francamente, se tivéssemos uma feira com maior investimento, e com livros realmente a preços de feira, com certeza a população leria muito mais!

Foi dfícil, cansativo e suado conseguir bons livros a preços legais, todos os lançamentos estavam com o mesmo valor das livrarias, quando não mais altos!!! Por isso, o jeito foi garimpar nos saldos e olha, foi um garimpo difícil atrás de livros que fosse legais e não estivessem sujos/ragados/amassados coisa rara.

Mas no fim saí de lá com quatro obras que me chamaram bastante atenção, novas e que foram bem baratinhas xD Foram elas: Sheila Levine está morta e vivendo em Nova York, que estava na minha lista há eras, por ser um dos primeiros chick-lits de que se tem notícia (da década de 70), mas que nunca tinha conseguido achar (a edição da Bertrand é linda, com brilhos na capa e está novíssima); O Amor Chegou, cuja capa e sinopse me conquistaram, além da edição da Record estar impecável; Girls Who Gossip – As Patricinhas Contra-Atacam da Betrand, nunca tinha ouvido falar, mas achei a capa um amor e, francamente, é o tipo de livro que eu gosto para descontrair e Gaiola de Estrelas, que também me chamou atenção pela capa, mas comprei principalmente pela sinopse, que narra um drama familiar bem forte (do tipo que eu gosto)!

Depois de toda a correria para conseguir os livros, fui bem feliz para o evento que eu mais esperava esse ano, a vinda da queridíssima Paula Pimenta para cá. Houve um bate-papo, seguido de sessão de autógrafos no cais do porto, e ambos foram maravilhosos.

Eu e a Gabi tietamos geral, e fizemos várias perguntas para a Paula, que se mostrou ainda mais simpática e divertida do que eu imaginava!!!

Ela falou um pouco sobre o processo de escrita dos livros, o início da carreira e as inspirações para seus personagens masculinos que são tão perfeitos (ela disse que o Leo foi inspirado em um amigo de infância e o Rodrigo foi a junção de tudo que ela sonha no seu príncipe encantado)!

Também deu dicas para quem sonha em escrever e contou que só conseguiu se dedicar à escrita do primeiro romance quando fez intercâmbio para Londres, onde fez um curso de escrita criativa.

Sobre as sequências de suas duas séries, Fazendo meu Filme e Minha Vida Fora de Série, ela contou que FMF 4 será mesmo o último e tem previsão de lançamento para março todos se abraçam e choram pela espera!!! Já MVFS ela pretende fazer em quatro livros, sendo que o próximo será com a Priscila já com 16 anos. Ela contou que deseja escrever a história da Pri de forma não-linear, então as passagens de tempo entre os livros vão ser maiores…

O papo se estendeu bastante e eu adorei cada segundo. Depois tivemos a fila básica para autógrafos e, mais uma vez, Paula me surpreendeu pelo cuidado, carinho e dedicação aos fãs. Pudemos sentar ao lado dela e conversar um pouquinho enquanto ela autografava. Cada livro foi autografado com uma caneta da cor da capa, detalhe que achei lindo e muito atencioso.

Aproveitando a deixa, falei sobre o blog e ela se lembrou das minhas resenhas lálálá! Também pedi um mimo para vocês. Sim você que leu até aqui poderá ser recompensado!!! Ela autografou um marcador da série Fazendo meu Filme para que eu sorteie aqui! Então, quem comentar neste post até 25/11 dizendo que quer participar e deixando o e-mail está concorrendo a este kit de marcadores lindo que eu montei com todo amor e carinho!

O kit vem com marcador autografado pela Paula Pimenta, marcadores da série Guardians e vários outros!

Bem, por hoje era isso! Eu sei que este post ficou gigante, mas estava atrasada em relação a cobertura de eventos. Nos próximos vou postando após cada acontecimento, daí não ficará sobrecarregado 😉 Espero que tenham gostado e que comentem para ganhar os marcadores!!!

Volta ao Mundo em Sete Dias #15

Hey gente! Mais uma semana passou e mais um sábado chegou e até rimou!!! Essa semana chegaram diversos livros, tive ótimas notícias, tanto literárias quanto pessoais e hoje é o dia em que posso contar tudo isso para vocês!

Vamos começar com as boas notícias o/ Essa semana a Editora Novo Conceito confirmou minha solicitação de parceria, então em breve vocês terão muito mais títulos maravilhosos deles além destes que eu já resenhei por aqui, além de mais promoções de brindes e lançamentos 🙂 Como vocês podem imaginar, fiquei muito contente com a  notícia!

Outra boa nova é o fato de que terei um irmãozinho(a) em breve, fato que já tinha comentado por cima em alguns posts daqui. Nesta segunda feira vou ver a ecografia do bebê e conhecer meu maninho(a) em primeira mão *-* Para mim, que sempre fui filha única, essa notícia é FANTÁSTICA, estou super empolgada =D

Mas agora voltando ao mundo dos livros, tinha prometido as fotos do evento de A Esperança e do seminário com a Rosana Rios, autora de Sangue de Lobo, e André Vianco, que dispensa apresentações! Também comentei que em breve quero ler os livros deles né, vou procurá-los na feira amanhã!

Falando em Feira, vamos aos eventos! Hoje daqui a pouco, mais precisamente temos evento do livro Ecos da Morte da Editora Intrínseca em Porto Alegre. Já resenhei a obra aqui no blog e estou ansiosa por comentar sobre ele no evento.

Amanhã, domingo, teremos Paula Pimenta autografando na Feira do Livro e eu, obviamente, não posso perder =D Estou aguardando por esse momento desde o início do ano *-* Então, quem puder comparecer e prestigiar, vale à pena 😉

Sobre minhas leituras da semana: li Bela Maldade de Rebecca James, Cidade de Vidro de Cassandra Clare, No Terceiro Dia a Geada volume 3 da série Amanhã de John Marsden, Marina de Carlos Ruiz Zafón.

Do correio chegaram muitos livros que eu queria há tempos. Primeiramente Como Treinar Seu Dragão, que depois de inúmeras resenhas maravilhosas da Camila eu finalmente criei vergonha na cara e adquiri. Já vi o filme, então espero que não seja muito igual para ter mais surpresas na obra =P Também recebi Radiante, de Alyson Noel, primeiro volume da série Riley Bool, spin-off de Os Imortais (já resenhados aqui Para Sempre, Lua Azul, Terra de Sombras e Chama Negra). Impressionante como eu falo mal dessa série e da autora, mas continuo querendo ler!!!

Depois veio Glee: O Início da Editora Galera Record, admito que nunca vi nem sequer um minuto da série de TV e acho que não vou ver tão cedo. Então o livro vai ser uma ótima forma de conhecer a história 😉 Foi por isso que quis ele, em primeiro lugar em segundo achei a capa super fofa!

Também chegou Tempo de Matar, de John Grisham. Esse vai ser o primeiro livro dele que vou ler, e outra blogueira me indicou dizendo para começar por este. O autor é famoso por seus casos envolvendo tribunais e corrupção na advocacia, acho que vou gostar. Não esperava um livro tão grande, tem mais de 500 páginas, mas vou encarar de frente =P

Para completar minha coleção da titia Stephenie Meyer, comprei A Hospedeira e A Breve Segunda Vida de Bree Tuner. O primeiro eu já li, e quando reler pretendo me animar e postar uma resenha aqui. O segundo quero desde que foi lançado, mas sempre ficava protelando e outro título pulava na frente dele!!!

Recebi de uma troca no Skoob o segundo livro da Trilogia do Círculo de Nora Roberts, O Baile dos Deuses. Vocês viram na minha resenha que adorei A Cruz de Morrigan, então corri para conseguir o outro! Quero ler logo!!!

E por fim, mas não menos importante, chegou Assassin’s Creed: Renascença de Oliver Bowden. Confesso que comprei no impulso, sem fazer a menor idéia de que era um jogo famoso e lendo apenas a sinopse! Na verdade quero ele desde que vi na Caixa de Correio da Cláudia e a capa me chamou atenção 😛 Quero ver se leio em breve também!

Bom, por essa semana foi apenas isso, espero que tenham gostado assim parece que estou gravando um vídeo, todo mundo se despede assim, hahaha e que comentem sobre suas respectivas semanas também!

Semana que vem trago fotos do evento de Ecos da Morte e da Paula *-*

Paula Pimenta na Feira do Livro de Porto Alegre

Oi gente! Divulgando o melhor evento da Feira do Livro de Porto Alegre deste ano!!! Eu estarei lá com toda certeza e quem puder ir, compareça e prestigie 🙂

Paula Pimenta – Minha Vida Fora de Série

Top ten dos melhores do ano, conheça seu mais novo integrante. Com certeza minha vontade é sair por aí espalhando aos quatro ventos: leiam este livro, eu amei, é mais que bom, é perfeito! E quando eu criei o Mundo da Leitura foi justamente com este propósito, contar a todos os interessados as minhas experiências com os livros, indica-los e recomenda-los. Esta obra, vou contar desde o início, está mais do que indicada. É praticamente uma obrigação de todo amante da leitura adquiri-la e saboreá-la!

Paula Pimenta é, possivelmente, a melhor escritora young adult brasileira da atualidade. Seus romances me encantam, me inspiram, me fazem chorar, sorrir e suspirar. Seus livros me fazem desejar um príncipe encantado, uma história de cinema (ou de seriado, no caso) e me fazem enxergar o lado mais positivo da vida. Seus livros são uma declaração de amor, em forma de histórias juvenis, mas muito mais adultas do que podemos imaginar.

Preparem-se para uma resenha gigante, porque cada vez que penso no livro tenho mais e mais vontade de falar sobre ele. Vou começar pela capa, que é linda! Vocês não terão ideia de como o trabalho gráfico ficou excelente até tê-lo nas mãos. E o cachorro me conquistou logo de cara, eu amo Golden Retrievers *-* Por isso, meus enormes parabéns à Autêntica, que deixou o livro tão perfeito!

A protagonista da obra é Priscila, uma das amigas de Fani, da outra série de sucesso da Paula. O curioso é que história se passa 3 anos antes da de FMF, o que faz com que conheçamos os personagens já tão queridos quando tinham 13 anos. Para conhecer as minha resenhas apaixonadas dos livros de Fazendo meu Filme, clique aqui.

Priscila acaba de se mudar para Belo Horizonte. Após o divórcio de seus pais, ela vai morar com a mãe em Minas Gerais, enquanto o pai e o irmão ficam em São Paulo. Além de deixar metade de sua família, ela também tem que se separar de metade dos seus animas de estimação. Isso porque não dá pra levar dois cachorros, um gato, um papagaio, um furão e um hamster para morar em um apartamento, não é? Por isso, ela leva “apenas” um cão, o gato e o hamster!

Mas a parte mais difícil é se adaptar a uma nova vida, sem seus antigos amigos, escola, etc. Para ajuda-la, sua prima Marina (que é um ano mais velha) a acolhe em suas asas. Mostra a cidade para ela, apresenta suas amigas e a leva ao clube. E é neste clube (substituto para a praia a qual ela estava acostumada), que ela conhece Marcelo. Ele é mais velho e a encanta imediatamente com sua beleza. Mas nem sempre o que é lindo por fora também o é por dentro… E essa é uma lição muito dura que a Pri irá aprender.

Ao longo dos capítulos vamos conhecendo ótimas citações de seriados (não sei como a Paula consegue tantas ótimas citações que se encaixam perfeitamente nos capítulos), que viraram a paixão da garota depois da mudança.

A adaptação na nova cidade acaba não sendo tão difícil quanto ela pensava e um certo Rodrigo vai ajudar muito no processo. O amadurecimento da personagem é visível, e me senti crescendo junto com ela ao longo de toda trama. Não dá nem pra explicar a beleza das frases, poemas e personagens que a autora cria, essa mulher é de outro mundo. Como bem está escrito na aba do livro “a Paula nem é gente de verdade, e sim uma personagem de algum conto de fadas que saiu por aí, fugida, querendo de qualquer jeito contar novas histórias”. Acho que o maior dom que o autor pode ter é te fazer sentir especial enquanto lê, e eu me sinto uma princesa quando leio os livros dela.

Não dá pra dizer se uma série é melhor do que outra, porque Fazendo meu Filme é divino e este também, ambos estão no mesmo nível para mim: LITERATURA OBRIGATÓRIA! Só acho que, se você ainda não leu FMF deveria começar por este, porque estará na ordem cronológica correta e não existirão spoilers, coisas que eu já sei sobre a Pri daqui a três anos!

E Paula Pimenta, tenho duas coisas a lhe dizer: a primeira é agradecer por me fazer tão feliz com estes livros lindos que você escreve. Sinceramente, tenho muito a agradecer mesmo. A segunda é um apelo na verdade: escreva o mais rápido possível, estou morrendo por FMF 4 e pela segunda temporada da vida fora de série da Priscila!!!

Para dar a vocês um gostinho do livro, vou deixar aqui o poema que eu mais gostei, quase me derreti lendo:

Ela tem

Ela tem estrelas nos olhos

E a lua crescente no sorriso

Se eu fosse astronauta no seu céu

Eu iria ao paraíso

Ela tem o sol nos cabelos

E um caleidoscópio no rosto

O vermelho da sua boca

Eu quero tanto saber o gosto

Ela tem jeito de fada

E um porte de princesa

Mas quando passa não enxerga

Que me deixa sem defesa

Ela tem sonhos secretos

E um corpo que vicia

Me tira o juízo e o sono

Me maltrata, me angustia

Ela tem tudo aos seus pés

E consegue seja o que for

Eu não tenho mais que o desejo

De um dia ser seu amor

Sério gente, quem não amaria alguém que escreve algo assim? Impossível não se apaixonar! Descubra muito mais beleza e romance lendo este livro maravilhoso, com certeza vale a pena!!!

Avaliação (de 1 a 5) deixando claro que se eu pudesse daria 10:

Paula Pimenta – Fazendo meu Filme 2: Fani na terra da rainha

Ahhh, nem acredito que já li este livro! Li em uma noite e agora só posso lamentar que ele já tenha acabado. FMF 2 consegue ser tão maravilhoso quanto o primeiro e trazer personagens e uma trama ainda melhor!

Paula Pimenta é com certeza a melhor escritora juvenil brasileira, “Meg Cabot” brasileira se preferirem. Fani é uma personagem tão rica, em uma estória tão fantástica que não tem como não se apaixonar. É um daqueles casos de amor à primeira página.

As aventuras de Fani na Inglaterra são deliciosas. As amizades que ela faz são incríveis e os diálogos por e-mail e chat me agradaram demais (não tem como não lembrar da série Garoto, da Meg)! Pena que ela e o Leo sejam tão cabeças duras!!! Os dois dão mancada neste livro e com isso acaba surgindo Christian (um deus grego na vida da menina). Achei muito legal ele ser tão parecido com ela em relação ao gosto por cinema, reforçou a ligação entre os dois. Mas tenho que confessar que meu favorito na disputa pelo coração da doce Fani ainda é o Leo.

Ele é tão doce e está sempre disposto a fazer algo pela garota, literalmente a idolatra. Quem não gostaria de ter um amor assim? E aquele final, o que foi aquele beijo? Simplesmente demaaaais! Quero ler logo FMF3, preciso dele urgente!!!!!!!!!

Esta série está mais do que recomendada, eu sinto tão bem na companhia da Fani. Me sinto com se estivesse viajando com ela, rindo, sofrendo e se emocionando juntinho da personagem. Quando comecei a ler só pensava em como era bom poder acompanhar um ano da vida de Fani tão de pertinho.

Leiam, leiam, leiam já!

Avaliação (de 1 a 5):

Paula Pimenta – Fazendo meu filme

Oi pessoal! A resenha de hoje é muito especial pois se trata de um livro brasileiro e que foi um dos melhores que eu já li do gênero!!! Fazendo meu Filme 1: A estreia de Fani é um livro sensacional, escrito por Paula Pimenta (que já considero uma gênia da escrita só por este primeiro livro)!

A trama gira em torno de Fani, uma adolescente de 16 anos que mora em Belo Horizonte e é simplesmente apaixonada por filmes. Tenho que dizer que AMEI as citações de filmes (todos maravilhosos) no início de cada capítulo. Tem livros que tem citações muito chatas ou nada a ver com a história, mas essas foram perfeitas (eu geralmente as pulo mas neste eu li todas). A lista de filmes da vida de Fani (que está no prólogo) também me agradou muito, já vi quase todos e me identifico muito. E agora por causa do livro vou procurar os que ainda não olhei e torrar um bom dinheiro na locadora!

Bem, voltando à história, Fani tem uma vida social bem agitadinha, embora prefira ficar em casa com seus DVDs como ela mesma diz logo no primeiro capítulo. Me encantei com todos os personagens, os pais de Fani (com ressalvas à mãe dela que não entende que ela NÃO VAI prestar vestibular para Direito), as amigas Natália e Gabi (as duas são tão fofas e dão tanta força para a Fani, todo mundo deveria ter amigas assim) apesar de elas terem seus defeitinhos também né, e claro, o Leo, que garoto fofo, querido e inteligente. Leo é o pretendente perfeito para uma garota como Fani, mas ela só tem olhos para o professor de Biologia dela.

No meio de muitas confusões Fani vai fazendo descobertas e amadurecendo bastante. Os sentimentos dela são bem confusos como os de toda adolescente e às vezes ela não consegue enxergar o que está bem diante dos seus olhos. Senti pena do Leo e raiva dele em alguns momentos (na verdade senti isso por quase todos os personagens). Me identifiquei demais com a Fani porque tudo que ela sente pelos seus filmes, todo o amor e carinho é o que sinto pelos meus livros (adorei a parte em que ela diz que não empresta porque senão teria que ligar de cinco em cinco minutos para ver se o filme estava bem, é exatamente como me sinto quando empresto um livro).

Foi simplesmente fantástico poder se identificar tanto com uma mocinha de livro, que lê Veja e Caras (e a “Caprichosa”) como todas nós. A autora cita em vários momentos programas, músicas e outras coisas brasileiras que geralmente não conseguimos acompanhar em livros estrangeiros. Passei muito tempo lendo resenhas sobre como esse livro era ÓTIMO e vendo uma avaliação excelente no Skoob mas ainda assim ficava com o pé atrás com este livro. Acho que aqui no Brasil ainda temos essa mania de querer menosprezar nossa cultura, o que é nosso. Ainda bem que depois de um tempo vendo essa capa maravilhosa em todas as livrarias que ia decidi comprar e só me arrependo de não ter feito isso antes (bem feito pra mim, quem mandou ser preconceituosa). O livro é divino, a escrita de Paula Pimenta é nota dez e a trama que ela criou é perfeita.  Não deixa nada a desejar para os livros lá de fora, alias é muito melhor que muitos deles!

Recomendadíssimo com toda certeza, entrou pra minha galeria de favoritos e usando os critérios de avaliação da própria Fani dou 5 estrelinhas para Fazendo meu Filme!

Avaliação (de 1 a 5):